Capa do livro Quem sou eu? com ilustração de menina com síndrome de Down, com óculos amarelo e cabelo rosa. Vários pontos de interrogação ao redor.

O livro Quem sou eu? revela, sob um ponto de vista puro e inocente, o cotidiano de uma menina que
tem um cromossomo extra e se depara com a visão adulta de que ela - e todos aqueles com
cromossomo a mais ou a menos - não compreendem o mundo. A personagem narradora se revela
como um ser que está vendo nosso mundo pela primeira vez, com todo o espanto que esse primeiro
olhar merece. Ela explica para os bebês que estão no céu esperando para nascer o que significa ter
síndrome de Down.
De um jeito leve e bem-humorado, acredita que chegará o dia em que será compreendida pelos
adultos. O livro é o primeiro de uma coleção que fala sobre diversidade na infância, onde
personagens crianças de contextos diversos contam sobre sua vida na Terra.
Autora: Mariana Reade       Ilustrações: Luli Puertas

  ADULTO

capa.jpg

Diagnosticado com dislexia na infância, Andrew Solomon conta que a superação dessa deficiência só foi possível porque ele pôde contar com a paciente dedicação dos pais, em especial de sua mãe, num lar estruturado. Criado num ambiente privilegiado - a culta classe média judaica de Nova York -, Solomon sempre teve acesso a todo afeto e atenção terapêutica necessários ao tratamento. Entretanto, quando sua homossexualidade latente transpareceu na adolescência, os mesmos pais que sempre o haviam cercado de carinho e compreensão reagiram com intolerância e vergonha. 

Autor: Andrew Solomon Editora: Companhia das Letras 

Livro_pq_Heloísa.gif

O livro “Por que Heloísa?” narra a primeira infância de Heloísa, suas relações familiares e o início de sua vida escolar, escrito por Cristiana Soares Heloísa é uma menina com paralisia cerebral que frequenta uma escola comum. A história começou no livro e virou animação, documentário e audiobook.

Autora: Cristina Soares

182544_julia-e-seus-amigos-614055_m4_635981323486202000.jpg

Nossa! Aquilo tudo dava um friozinho na barriga! Ir morar num outro bairro, estudar em uma nova escola, fazer novas amizades. Era uma mudança e tanto na vida de Júlia, que até então só havia estudado numa escola especial para deficientes. Na nova escola, todos os alunos ficariam juntos. E muitas perguntas davam voltas na cabeça de Júlia! As crianças vão gostar dela? Será que a professora é legal? O prédio da escola tem rampas? Ah! O que vai acontecer?

Autora: Lia Crespo
Ilustrações: Murilo

Sonhos-do-dia-1-1.jpg

Por favor, não deixe que meus sonhos da noite vão embora pela manhã”. Cansada de descobrir que nos seus sonhos da noite podia tudo, mas que, ao acordar, não podia quase nada, a menina que protagoniza Sonhos do Dia solicita ajuda a heróis e heroínas, seres das galáxias, das revistas em quadrinhos, da televisão, dos sonhos de outras crianças, da internet, dos livros e das histórias que seu avô contava, para que revelem o segredo de fazer os sonhos da noite não morrerem durante o dia. Os super-heróis vieram e, para sua surpresa, também lhe pediram ajuda. Ajuda para convencer as outras crianças a defender seus sonhos do dia e a compartilhá-los, para que juntas formassem uma roda de sonhos do dia que cresce sem parar.

Autora: Claudia Werneck Projeto gráfico, capa e ilustrações: Beto Werneck 

tudo-bem-ser-diferente.jpg
capa-Berk.jpg
capa-Amenina.jpg
capa-planetaAzul.jpg
capa-e-nao-e-que-eu-ouvi.jpg

Tudo bem ser diferente trabalha com as diferenças de cada um de maneira divertida, simples e completa, alcançado o universo infantil e abordando assuntos que deixam os adultos de cabelos em pé, como adoção, separação de pais, deficiência física, preconceito racial, entre outros.

Todd Parr é considerado pela crítica internacional um grande artista/autor. Com seus traços e palavras simples, vem conquistando crianças de todo o mundo. Seus livros já foram publicados nos Estados Unidos, na França, Espanha, no Japão e em Israel. Em janeiro de 2005, o canal Discovery Kids lançou Toddworld, um desenho animado inspirado nas obras do escritor.

Autor: Todd Parr
Ilustrações: Todd Parr

Berk é um garoto inteligente, sagaz, engraçado e que ama incondicionalmente seus pais, mas tem uma ligação de alma com seu G, já que ambos compartilham as limitações superação de viver em uma cadeira de rodas. Um dia G promete ao filho que um dia ele poderá andar. Uma promessa feita a uma criança torna-se a missão de anos de um engenheiro talentoso e motivo de intrigas, armações e inveja.⁣

O inusitado do livro é porque deduz que seja uma obra juvenil, porém a surpresa é que este é uma mistura de diversos gêneros usados de forma equilibrada e viciante. No início temos um romance doce entre G e Letícia na faculdade e depois somos levados por uma ficção científica bem embasada com conceitos de programação, física e inteligência artificial.

Texto e ilustrações: Wellington J C Torres Jr   

Livro infantil em linguagem de poesia  e fantasia, baseada na história real de Irene Pianissola, ele conta de forma lúdica o diagnóstico de uma menina apaixonada por números, com algo que encurtará sua passagem na terra, mas a transformará em estrela.  Irene Pianissola, pessoa que inspirou a história é diagnosticada com Síndrome de Machado Joseph (Ataxia).
Texto e ilustrações: Wellington J C Torres Jr

Livro bilíngue (português/inglês) com temática ambiental, onde ao passar férias aqui na terra, um simpático alienígena constata o descuido que nós humanos dispensamos ao nosso planeta e resolve organizar uma invasão para salvar o planeta da raça humana. Mas é convencido por um jovem aluno, negro e com uma amputação na perna, que está fazendo justamente uma tarefa de educação ambiental da escola de que estamos despertando para o perigo que o meio ambiente corre e queremos mudar este cenário.
Texto e ilustrações: Wellington J C Torres Jr

E não é que eu ouvi?

O livro de 32 páginas conta com uma linda história escrita em forma de rima, ilustrações em alta qualidade com um visual de aquarela e textos informativos para que crianças e adultos possam entender como funciona a audição através de uma tecnologia auditiva.

Autora: Laki Lobato Ilustrações: Eduardo Soares